COMO ESCOLHER A MESA DE JANTAR IDEAL

Atualizado: 22 de Jun de 2019

Está querendo comprar uma mesa nova para a sua sala de jantar, mas não sabe por onde começar? Confira algumas dicas de como escolher uma mesa de jantar ideal para o seu caso. Aqui vamos tratar de vários aspectos, como tamanho, formato e o material que podem ser utilizados, citando as vantagens e desvantagens de cada opção. Vamos lá?

TAMANHO

O primeiro critério que você deve atentar é para o tamanho da mesa que você pretende utilizar no seu ambiente. As pessoas tendem a pensar quantas pessoas elas querem ter sentadas em um momento de confraternização com a família e os amigos, mas desconsideram o uso diário e o espaço disponível, acarretando em um espaço apertado e inutilizado. Não adianta você querer 6 lugares, quando você mora apenas com uma pessoa e quase não recebe convidados, não é mesmo?

Nesse caso, é importante você atentar primeiramente para a proporção do espaço. Analise a área que você tem disponível. Meça e então desconte a passagem para circulação em volta da mesa, de cerca de 60 a 80cm, e as pessoas sentadas nela, que ocupam cerca de 40cm. Quanto sobra? Segundo essas medidas, da mesa até a parede, é importante deixar de 60cm a 80cm se não houver circulação atrás das cadeiras e 1,00m a 1,20m se houver circulação.

Para te ajudar, confira abaixo uma tabela que indica os tamanhos de mesas e quantos lugares elas acomodam.

Tamanhos mínimos de mesas

FORMATO

Mediu o seu espaço? Agora pergunte-se qual o formato desse espaço. Basicamente isso vai te ajudar a escolher o formato da mesa também.

Se quiser aproveitar um local de canto, com encontro de paredes, talvez você possa explorar a opção redonda, que garante que não existam cantos na sua mesa e permitem acomodar uma ou duas pessoas extras para uma ocasião mais especial. Isso também se aplica para mesas ovais.

Mesas quadradas são as mais comuns no mercado, assim como as retangulares. Elas podem ser encostadas na parede, diferente das mesas redondas e ovais, o que garante uma passagem mais confortável em locais com espaço reduzido.


MATERIAL

Os materiais mais comuns de acabamento de mesas presentes no mercado são vidro, madeira, pedra e pintura branca. Outras cores também são encontradas, mas com mais dificuldade.

O vidro ajuda a não carregar o visual da sua sala, mas possui algumas questões que você deve ficar atento. A primeira questão é a fragilidade, que pode ser um impecílio caso você tenha crianças ou pessoas idosas que podem se apoiar nela. A outra questão é que será sempre necessário passar um pano após o uso por conta das marcas de sujeira que aparecem facilmente.

A pintura costuma ser uma opção bastante usada, ainda mais quando acompanhada de um vidro apoiado. No caso da pintura sozinha, é importante atentar para manchas ou riscos que podem aparecer com o tempo de uso, já que esse acabamento costuma ser mais sensível que os demais.

A opção mais durável que você terá é o tampo feito em pedra. Geralmente são bastante resistentes à abrasão e tem um aspecto muito bonito e elegante. Esse material certamente vai valorizar a sua sala, mas em alguns casos exige um cuidado extra com o calor dos objetos, pois pode manchar ou até trincar, dependendo do material.

Por fim, a madeira costuma ser uma opção bastante utilizada em espaços com muita rotatividade de pessoas, pois não transparece manchas facilmente e, caso tenha um aspecto rústico, as marcas de uso podem se tornar até parte de sua beleza. Ótimas opções são as mesas de madeira de demolição, que dão um charme à sua sala e tem uma ótima durabilidade.



E aí, o que achou? Gostou dessas dicas? Comente aqui em baixo!

Até a próxima!

4 visualizações

Acesse:

  • Casa U Arquitetura
  • Casa U Arquitetura
  • Casa U Arquitetura

CASA U ARQUITETURA LTDA.

CNPJ: 32.988.918/0001-87

Av. Nsa. Sra. dos Navegantes, 2000 - Serra, ES

(27) 9 8851 7525 | (27) 9 9849 5188

casauarquitetura@gmail.com

Casa U Arquitetura © Todos os direitos reservados